domingo, 28 de septiembre de 2008

Rastros de uma aranha

Pode parecer estranho que com tantos bordados,justo o blog da Teia seja o mais pobrinho em imagens.É simples:eu não uso máquina digital e não sei mexer com fotos.As outras aranhas ainda não aderiram pra valer ao nosso blog e...resultado:fico só eu insistindo nesse espaço de comunicação...um dia vai rolar! Então decidi ir registrando coisas que passam pela minha cabeça,coisas que vejo nas nossas reuniões,acreditando que vou encontrar interlocutores por aqui. Pois bem, quero registrar antes que caia no esquecimento que no começo de setembro, a nossa araninha Beth Ziani foi a Fortaleza e montou a exposição dos nossos bordados e os retratos da "Memória Viva"(projeto lindo dela) no Centro Cultural Banco do Nordeste onde aconteceu o evento comemorativo dos 100 anos de Guimarães Rosa e Machado de Assis.Isso foi possível porque em Fortaleza temos a Neuma que foi quem teve a idéia de propor a formação de um grupo de bordado pra criar imagens sugeridas pelo texto literário (no caso os painéis do "Grande Sertão:Veredas") e sempre está interagindo conosco depois que se mudou pra lá.Pena não ter nenhuma ilustração visual desse acontecimento mas vai pelo menos o registro. Rioco

miércoles, 27 de agosto de 2008

Oficina de Bordado

Gente, um novo grupo de bordado renasceu nesse ano,ainda sem nome,são 5 ou 6 pessoas se reunindo na casa da Cleuzer bordando o tema do parto/nascimento. Vai daí que a Isa e a mãe dela,a Ana que frequentam o Matutu me convidaram pra organizar uma oficina de bordado com as mulheres de lá. Eu topei na hora pq eu adoro fazer oficina.A Isa me perguntou se tem algo escrito sobre a tal oficina.Então resolvi colocar esse texto nesse blog nascente.Do nosso grupo,a Teia de Aranha,eu, a Cris e a Beth temos feito mtas oficinas por aí,principalmente nuns municipios do sertão mineiro (Morro da Garça,Cordisburgo).A oficina nada mais é que um encontro de pessoas em torno de um tema,um assunto,um interesse.No caso do bordado,a proposta é o aprendizado do bordado (como bordar,os pontos) mas a gente gosta mesmo é de botar as pessoas pra criar imagens através do bordado.Demos o nome ao nosso estilo de bordar de "bordado livre" pois fazemos questão de respeitar a maneira pessoal de bordar.Sempre propomos um tema que pode ser intermediado por um texto literário ou não e colocamos como desafio a criação e a construção coletiva do bordado. É incrível a grata surpresa e a emoção de apreciar um bordado feito coletivamente. No grupo podem participar pessoas de diferentes idades e condições sociais,pode ter 3,6,10,15 20 pessoas,é legal do mesmo jeito! Tentei explicar mas é só participando pra pessoa saber como é,... Rioco

viernes, 22 de agosto de 2008

Mais uma Araninha em ação

Ai ,como fiquei feliz com mais uma Aranhinha escrevendo no nosso blog .Ainda bem q podemos recorrer à Mimi q está dando o maior apoio na construção de mais um instrumento de comunicação entre as bordadeiras e as nossas apoiadoras em geral . Pra quem não sabe,a Teia de Aranha se reúne todas as quintas a noite na casa da Maria Alice.Às vezes o grupo fica encolhido,pode ter 2 ou 3 pessoas.Mas seguimos firmes mantendo a regularidade dos encontros.Bordamos juntas,sempre temos uma mesinha com suco e coisinhas gostosas feitas pela Ilma ou trazidas por alguem .Falamos oq vier à telha,às vezes quebramos o pau por qqer motivo relacionado ou não com o bordado,rimos muito.Assim vamos esticando nossas teias pra lá e pra cá...Eu já nem me lembro direito como era a minha rotina de vida antes desses encontros semanais. Torço pela entrada de outras Aranhas nesse blog. Rioco

miércoles, 20 de agosto de 2008

Participar da Teia de Aranha

Encontrar algo bordado por mim em páginas de uma revista de literatura é algo parecido com um sonho.
Confesso que mais esta iniciativa das amigas da Teia de Aranha me surpreendeu, apesar de eu ter, de alguma forma, participado, como guardiã temporária dos bordados, que foram transportados para serem fotografados e depois voltaram.
Como mágica, também, participar da tecitura de cada um deles, ao longo de anos de encontros semanais, parece que vai remendando mágoas, construindo uma sustentação para tornar mais suportável minha sobreViVência.
Agradeço a todas, e também a Mimi.
Maria Alice (escrito em 15-08-08; colocado no blog em 20-08-08, com a ajuda da Mimi)

jueves, 14 de agosto de 2008

Imagens da revista

Imagens da revista "Discutindo Literatura", ilustrada com bordados da Teia de Aranha:


Crédito das fotos: Norico Kayano

jueves, 7 de agosto de 2008

Revista "Discutindo Literatura"

Mesmo tendo a impressão de que ninguém ou quase ninguém está olhando o nosso blog,vou registrar aqui :saiu nas bancas um numero especial da revista acima dedicada aos 100 anos de nascimento de Guimarães Rosa. Graças ao empenho da nossa amiga Simone do grupo Mãos de Ariadne que me procurou as vésperas de minha longa viagem à Espanha e a ponte que foi feita com a Beth Ziane sairam muitas ilustrações dos nossos bordados na revista além de 2 artigos da Beth e outros "roseanos". As fotos em zoom são do painel "Buriti" e do painel sobre a vida de Guimarães Rosa que o grupo está bordando e ainda não foi mostrado para o público . Eu como sou "tôsca" em matéria virtual não sei colocar as imagens aqui,espero que alguma boa alma possa fazer essa gentileza logo mais.Quem estiver interessada procure a revista em banca de jornal, é preciso um pouco de paciência ,eu a achei depois de andar umas quadras...Rioco

jueves, 10 de julio de 2008

Comentando a matéria da Casa Cláudia

A minha cunhada Olinda(que faz parte do grupo de bordado Lacos&Tracos e q é uma fôfa) me mandou pelo correio a revista (ainda estou em Sevilha-Espanha) e tive o prazer de ler a matéria(já tinha lido no virtual mas sou das antigas e gosto de ler no papel). Fiquei satisfeita com a edicao e a qualidade das fotos e parabenizo a equipe toda da revista,em especial a Lina .E a Nivea q tanto se empenhou em juntar as Aranhinhas lá no estúdo naquela manha.Achei bem importante o nosso bordado ser divulgado e o nosso jeito de transformar GR em imagens.Só nao gostei de ser referida na matéria como alguem q nao sabia nada de bordado, aqui fica o meu protesto a bem da verdade. Tambem tenho de corrigir a matéria e esclarecer que os painéis do Grande Sertao sao cinco e nao seis.Afora esses pequenos erros,só falta explicar que o painel "Campo Geral" (alguns pedacos de bordado aparecem na revista) foi bordado pelo "Maos de Ariadne" ,grupo de bordado que nasceu inspirado na Teia de Aranha (ver blog Espaco Ciranda).Quero tambem informar que o painel "Sorôco,sua mae,sua filha" foi bordado pela equipe de enfermagem do setor de Saude Mental do Centro de Saude-Escola do Butanta da USP,fazendo parte da discussao sobre sofrimento no trabalho (2001).Rioco